Impressão 3D Descomplicada: Resolução

Hoje quem busca experimentar a tecnologia e realizar uma impressão 3D pela primeira vez pode encontrar algumas dificuldades no caminho. Afinal, antes de ter o produto em mãos é necessário escolher o tipo de impressão a ser realizada, material desejado, resolução e por aí vai.
Todos esses termos podem gerar dúvidas para aqueles que estão experimentando o maravilhoso mundo da impressão 3D, e é por isso que hoje iniciaremos a série Impressão 3D Descomplicada aqui no Cammada Blog. A série que vai explicar a você, entusiasta de impressão 3D iniciante, o feijão com arroz desse universo.

Então, vamos ao primeiro tema: Resolução.

Bem, antes de falarmos sobre resolução é necessário que falemos sobre o tipo de tecnologia em que esse conceito se inclui, ou seja, se é uma impressora FDM ou SLA, por exemplo.
A tecnologia mais difundida no meio da impressão 3D é a Fused Deposition Modeling, ou apenas FDM. As peças impressas através dessa tecnologia são produzidas em etapas, de baixo para cima, utilizando-se de um filamento termoplástico que é aquecido e depositado na placa de impressão, camada por camada, até que o objeto seja gerado.

E é aí que entra a resolução!

Essas camadas variam em espessura, e é isso que vai definir o nível de detalhamento da peça. Peças impressas a resoluções maiores, ou seja, com camadas mais finas, possuem uma superfície mais lisinha, ao passo que peças impressas em resoluções mais baixas possuem uma superfície mais irregular, de camadas mais aparentes.

Tipos de resolução:

Ultra – Camadas com espessura até 0,5 mm.

Peça impressa em 3D em resolução ultra.

Alta – Camadas com espessura até 1 mm.

Peça impressa em 3D em resolução alta.

Média – Camadas com espessura até 2 mm.

Peça impressa em 3D em resolução média.

Baixa – Camadas com espessura de 2,5 mm ou mais.

Peça impressa em 3D em resolução baixa.

Para resultados mais refinados a resolução recomendada é Alta ou Ultra.

Vale lembrar que esses valores podem variar de impressora para impressora, então utilize-o apenas como um guia 😉

 

 

Retrospectiva da Cammada 2016

Há quem diga que 2016 foi um ano ruim, mas 2016 foi o ano que nasceu a Cammada, e isso foi maravilhoso. Não só para mim ou para os entusiastas de impressão 3D, mas também para o futuro, que pouco a pouco vêm nos presentear com a quarta revolução industrial.

O ano que se passou nos presenteou com grandes conquistas, e queremos compartilhar cada detalhe com você, que nos apoiou e contribuiu para que tudo isso acontecesse.

Sem dúvidas o maior e melhor acontecimento de 2016 foi o lançamento do site. E com ele nosso vídeo de lançamento <3

No início de 2016 iniciamos uma temporada de apresentações em universidades para falar sobre impressão 3D, prototipagem, e tudo desse universo. Experiência incrível!
10421191_811615218970736_1629059476883236902_n

13055175_831353303663594_2240786841679432638_o

No meio disso completamos o número de 1000 curtidas em nossa fanpage… 12898418_819571341508457_2446247111955683268_o
Fomos a diversos eventos de impressão 3D.
12961663_822683897863868_1745641301933418950_n

Os sócios Harrison e José no evento Inside 3D Printing.

13151867_836085223190402_5069714958992341137_n

Nossos sócios João e Harrison na expo3Dbr.

13248619_847926135339644_5280744529311602478_o

Sócio e fundador Bernardo com os parceiros e amigos da GTMax 3D, no SENAI Roberto Mange.

Tivemos o prazer de apoiar uma das campanhas de TETO Brasil, organização sem fins lucrativos que trabalha para combater a pobreza.

13238938_843708462428078_5523323737185176301_n

Ministramos o workshop de introdução a impressão 3D no IED Rio. Aguenta coração!

15109360_956435784488678_4639929972402920945_n

E para fechar com chave de ouro,  em 2016 teve Cammada na mídia! Saímos no O Globo, na coluna de economia do George Vidor e na Design Magazine Brasil.

03-01-2

A você, meu caro leitor que chegou até aqui, obrigada por nos permitir dividir nossos melhores momentos com você. Que 2017 nos permita registrar ainda mais progressos! Na Cammada, na impressão 3D, no futuro!